Santa Monica - Por do sol na praia

Conheci hoje um mercado chamado World Market, com várias opções de peças para casa, com itens de cozinha, sala, banheiro, quarto, decoração... Quem gosta de uma mesa bonita não pode deixar de conhecer, tem coisas do mundo todo!

Meu objetivo era adquirir coisitas no valor até 10 dinheiros. Adquiri 13 dinheiros, e sai feliz com um jogo de guardanapo de tecido vermelho, porta vela enorme de lindo (vermelho também com um desconto de 50%), alguns temperinhos e salame.

E ai, eu fui para a praia de Santa Monica.
Me deliciei com um sol gostoso, vendo o famoso Pier de Santa Monica, e algumas crianças brincando. Me fez bem passar um tempo ali pensando, admirando cada detalhe da vida e do meu momento.

Fui andando para o píer e vi algumas pessoa praticando esportes, uns andavam naquela linha (me senti em Ipanema), outros na bike, o no skate, de patins, correndo, aqui realmente me lembra o Rio de Janeiro. No Pier, nessa época do ano tem muitos eventos (e também descobri que outras épocas - por tanto, é só ficar atento ao calendário de atividades).

Um dos eventos era o festival da Tailândia, com apresentação de danças típicas, lutas, um pouco da cultura também, além das barraquinha com comidas e artesanato do país.

Andando depois em direção ao parque e à ponta do Pier, estava acontecendo um segundo evento, o festival de músicas e que as pessoas usavam o fone de ouvido para curtir o som. Eu já tinha ido ä uma festa assim no Arpoador, RJ, à convite de um amigo meu DJ. Mas confesso que assim nesse clima de praia, céu aberto, e em pleno por do sol, tinha todo o seu charme.
As pessoas podiam participar alugando o fone de ouvido por 10 dinheiros, e deixando um documento de identidade ou o cartão de crédito.

Ver o por do sol do Pier de Santa Monica, sentada tipo na arquibancada, foi delicioso.

No Píer tem um parque de diversões e algumas lojinhas. Achei os preços bem salgadinhos, diga-se de passagem: caros. Talvez porque esse, definitivamente, seja um ponto super turístico. Mas há opções de bonés, blusas, cartão postal, imas de geladeira, copinhos de drinks (esses eu coleciono).

Lá no final do Pier, vale a pena ver nos painéis a história do local.

Eu gosto dessas coisas: contato com a natureza, nascer do sol, por do sol, ficar perto de jardim, de uma praia, rio... imagina você respirando fundo, e sentindo toda aquela energia viva (em meditação ou ioga, chamam de prana a energia vital que circula no seu corpo). Então isso que eu gosto.

Depois eu fui pra casa.
Dormi com os anjos e sonhei com minhas primas no Brasil.