1 DE 365 - O Frio

Bom dia =)

Com o horário de verão do Brasil e o horário de "inverno" daqui (não sei se é esse mesmo o nome), a 3hs de diferença, então aqui continua sendo bom dia! =)

Estou morando aqui nos Estados Unidos há 1 ano e meio ... cheguei aqui dia 14 de maio 2015 e fui ficando até hoje. Meu ponto é: não gosto. Mas por que então vc veio para cá? No fundo do meu coração, eu sabia que eu ia voltar e... quem sabe ainda não volte? Mas o fato é que estou aqui. E tenho que fazer isso acontecer. Não preciso amar esse lugar, mas eu preciso ao menos, apreciar, viver. Gostar um tiquinho. E por que não volto? Arrumei um amor aqui. E no momento a situação econômica do Brasil não colabora para a estabilidade de uma vida de casal.

Esse vai ser meu diário, minha terapia para tentar entender toda essa mudança e aceitar. Porque a vida é muito pequena e inesperada para ficar sofrendo de Barroquismo Agúdo e sofrendo por algo que não se tem no momento. O que não tenho? A minha vida. Ou melhor ex vida, ou melhor ainda, a minha antiga rotina de quando eu morava no Rio de Janeiro. Ali em Copacabana, naquela rua tranquila, com uma casa de sucos na esquina que tomava o meu suco de cenoura, beterraba e laranja, pão de queijo e ia andando para o metro. Trabalhava duro e gostava. Curtia sair do metro e mudar os planos da noite, ou ver um filme, andar na orla, tomar uma agua de côco, uma cervejinha, um japa, um crepe de nutela! Ou ir para a academia, para a meditação, ir para casa cozinhar na minha panela elétrica uma nova receita... Amava entrar no Hortifruti sentir aquele cheirinho de comidas fresquinhas e encontrar amigos, ter amigos por perto e ter família, ai isso sim que.... opa! mas eu estou aqui para falar e descobrir 365 motivos para gostar de Nova Iorque. Gostar da Big Apple.

Afinal, quem cresceu em Big Field (Campo Grande, na Zona Oeste do meu RJ), sente a diferença, não é mesmo? Aqui não tem caldo de cana com pastel ou sardinha da Divina (hum aguei). Guaracamp também não. No mercado de Astoria eu achei um Guaravita... Mas aqui também tem muita coisa da boa! Muita coisa que não temos por lá, logo de cara, pá entra o meu primeiro item:

Motivo 1/365 - O Frio

Caracas, aqui faz um frio danado! Ontem eu estava andando em Manhattan, já para descobrir porque raios uma pessoa escolhe passar frio aqui e muita gente ama. E aí bateu um vento lascado, encanado (só pode ser do registro polar ártico que São Pedro abriu, ou melhor San Piter), que tocou a minha pele do rosto e eu senti doer! Até lacrimejei. Hahaha Campo Grande faz isso? Big Field é vizinha de Bangú, minha gente. Se Salgueiro é o Caldeirão, Bangú e Campo Grande são o próprio fogo!

Mas ai eu estava pensando no metro (porque francamente, andando na rua e no frio da p*%%@ eu só penso em não me perder nas ruas e encontrar logo a estação de metrô): Sempre quis um frio para usar o casaco que meus pais tinham! E quer prova disso?

Maio de 1900 e alguma coisa, Campo Grande (clááro, bairro que cresci), festa de 14 anos da Dayana (minha amiga), em Maio, mais precisamente dia 24 de maio. Fui a festa dela com o casaco dos meus pais. Estava frio, sim. Frio para o casaco? Depende... levando em consideração que sou friorenta e estava querendo vestir o tal casaco... porque não? Não é mesmo?

O fato é: em NY eu posso usar! Ele é pesado, tem uns pelinhos, assim na gola, e evidentemente, na minha última visita a casa de Papis e Mamis, eu peguei para usar aqui! E mais, posso usar com gorros e luvinhas e cachecol que Mami fez.

Ok, colocar as 2.457 camadas de roupa, é um pouco chato. Não saber se vestir no inverno e não estar nem ai para o que não é fashion e estar aí para o que é quentinho é um ponto. E o cachecol às vezes irrita, a pontinha do dedo congela ao pegar o telefone e saber a direção do metrô, mas tudo isso faz parte da didática americana de aprendizado de locomoção e memorização das ruas. Aprendizado único. No perrengue você aprende.

Com o frio você faz tudo o que não faz nas outras estações, por exemplo: comer! Comer comida boa, toda a hora, comer por comer. Porque você sente fome, precisa ajudar na camada de gordura e proteger o corpo. Comer chocolate, tomar chá, comer com amigos.

Aceita querida! Frio é bom para dormir de meia e usar moletom. Pra dormir de conchinha, mesmo que por 15 minutinhos e não 10. O frio a cama fica melhor, ela te abraça, e com isso você perde a hora de manhã. Culpa sua? Claaaro que não! é do Frio!

Friaca boa é aquela que você usa bota! As mulheres vão entender. A Tati, minha amiga vai tirar tudo do armário e andar. E olha que ela também é de Campusca. Frio é bom até para dar desculpa de não sair, seja sair com aquela paquera que já deu ou com o amigo que está precisando desabafar pela 82 vez pela mesma pessoa na mesma semana. Mesmo você não tendo amigo em NY hahaha, mas o caso é que quando tiver eu posso já dar essa desculpa, rá!

 

Realizou que o frio é bom Emmanoele?